Brasil

Declaração de Neymar chama atenção para apoio psicológico de atletas

Segundo o craque, a Copa do Mundo de 2022 pode ser sua última

Por Victor Yemba

Neymar
Declaração de Neymar chama atenção para apoio psicológico de atletas (Foto: Divulgação/ Instagram)

O jogador Neymar está próximo de disputar sua terceira Copa do Mundo, mas segundo ele, pode ser sua última. Em entrevista ao portal DAZN, ele disse que depois da Copa de 2022, que será realizada no Qatar, ele provavelmente não terá mais condições psicológicas para lidar com a pressão de fãs, haters e jornalistas, já que esta é a maior competição de futebol do planeta.

Em toda sua carreira, Neymar sempre conviveu com fortes críticas sobre a sua postura dentro e fora de campo. Hoje, com 29 anos, o camisa 10 da seleção brasileira se mostra nitidamente abalado emocionalmente, o que pode estar refletindo em seu desempenho nesta temporada, a qual está bem abaixo do que se espera dele. Segundo Sonia Andrade, que já foi vice-presidente do Clube de Regatas Vasco da Gama, o craque teria que ter tido um acompanhamento psicológico desde cedo. “Esses meninos, ao entrarem para o esporte, sempre são vistos como objetos, produtos, e dificilmente como seres humanos. Antes do produto, eles têm que ser observados como seres humanos”, alerta.

Sonia lembra que muitos meninos, ao começarem a carreira no futebol, vêm de uma realidade muito triste. “Eles vêm de uma realidade dura, e partem diretamente para o luxo e a fama. As famílias os colocam como responsáveis pelo custeio de toda uma estrutura financeira. Então, é preciso acolhê-los”, afirma.

Durante as Olimpíadas, a ginasta Simone Biles desistiu de realizar algumas provas com a justificativa de que sua saúde mental não estava boa. Isso fez com que muitos atletas que se inspiram nela pensassem em cuidar da saúde psicológica antes de enfrentar qualquer competição. No caso de Neymar, segundo Sonia, muito dificilmente este acompanhamento foi feito desde o início de sua carreira. “Esse assunto é uma preocupação geral que atinge atletas de ponta. Porém, ele está sendo discutido somente agora. É preciso observar essa questão desde para que, no futuro, tenhamos profissionais com seu emocional fortalecido quando chegarem à fama”, salienta.

Sonia Andrade vice-presidente do Clube de Regatas Vasco da Gama
Sonia Andrade vice-presidente do Clube de Regatas Vasco da Gama (Foto: Divulgação)


recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Novembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »