Brasil

Defesa de militar pego com 39 quilos de cocaína em avião da FAB recorre ao STF

O primeiro pedido de habeas corpus foi negado pelo Supremo Tribunal Militar

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira, a defesa do sargento da Aeronáutica Manoel Silva Rodrigues recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF), para que o advogado consiga acessar o processo em que o cliente é investigado. As informações são do site G1.

Em junho deste ano, Rodrigues foi preso em um aeroporto da Espanha, por transportar 39 quilos de cocaína na bagagem, em um voo da Força Aérea Brasileira (FAB). O primeiro habeas corpus solicitado ao Superior Tribunal Militar (STM) foi negado.

O advogado Carlos Alexandre Klomfahs alega que não teve acesso à investigação que corre na FAB.

“Solicitei o acesso ao processo em segredo de Justiça com a prerrogativa de que meu cliente tem direito a defesa. O STM diz que não tínhamos enviado, mas enviei (o pedido). É aquele discurso do Poder de que não houve provas”, disse Klomfahs, que ainda disse não ter contato com o cliente, “apenas com a família”.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »