Brasil

Desemprego em decorrência da pandemia atinge 14,2% e bate recorde em novembro

Segundo o IBGE, país encerrou o mês com 14 milhões de desempregados

Por Luiz Walcyr

(Foto: Marcello Casal/ Divulgação: Agência Brasil)

A taxa de desemprego durante a pandemia da Covid-19 bateu novo recorde em novembro. A PNAD Covid-19 foi divulgada, na manhã desta quarta-feira (23), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o levantamento, o número de desempregados chegou a 14 milhões, um aumento de 2,0% em relação a outubro e de 38,6% na comparação com o mês de maio quando o levantamento foi iniciado.

A Região Nordeste também apresentou alta, com um aumento de 4,7%. Segundo o IBGE, as outras regiões do país se mantiveram estáveis em novembro.

O IBGE informou ainda que a taxa de desocupação entre as mulheres foi de 17,2%, maior que a dos homens, de 11,9%.

A população ocupada cresceu 0,6% em relação a outubro e, pela primeira vez desde o início da pesquisa, teve alta de 0,3% em relação a maio. Ao todo, são 84,4 milhões de pessoas.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »