Brasil

Dono da Delta afirma ter pago R$ 28 milhões em propina a Paulo Preto

Essa era a condição para permitir que as empresas tivessem alguma participação das licitações em SP, que, na época, tinha José Serra como governador

Por Redação Tupi

Agência Brasil

Nesta quarta-feira, o dono da empreiteira Delta Construções, o empresário Fernando Cavendish, afirmou que pagou propina a Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, ex-diretor da estatal paulista de rodovias Dersa.

Em 2009, Paulo teria exigido o pagamento de R$ 28 milhões antes do início das licitações das obras de ampliação da marginal Tietê, em São Paulo.

De acordo com ele, o pagamento era a condição para permitir que as empresas tivessem alguma participação das licitações no estado, que, na época, era comando por José Serra (PSDB).

Cavendish declarou isso durante uma interrogação, depois de firmar um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
07 de Fevereiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »