Brasil

Dr.Bumbum e mãe são acusados de estelionato em novo processo na Justiça do DF

De acordo com o MP, os dois cobraram R$ 9 mil de paciente por tratamento não autorizado pela Vigilância Sanitária

Por Redação Tupi

Dr.Bumbum, o médico Denis César Furtado, que foi acusado pela morte de uma paciente no Rio de Janeiro, se tornou réu em um novo processo na Justiça do Distrito Federal. Agora, ele e a mãe, Maria de Fátima Furtado, são acusados de estelionato.

De acordo com o  Ministério Público, o médico e a mãe dele induziram uma paciente ao erro ao submetê-la a um suposto tratamento que garantiria “curas e resultados milagrosos” sem que fossem feitos exames anteriores, mas o método não tem comprovação científica. Segundo o MP, ele cobrou R$ 9 mil da vítima, sem emissão de nota fiscal.

Os promotores do Caso disseram que os dois exerceram a medicina ilegalmente. Mãe e filho ainda teriam omitido informações importantes sobre quais seriam os procedimentos e produtos empregados no suposto tratamento.

O Ministério Público pede a condenação dos dois e o pagamento de R$ 30 mil por danos morais. Como ele mudou de advogado, a reportagem não conseguiu contato com a nova defesa dele e a da ré.

 

Comentários

enquete

Você está satisfeito com o empate no primeiro fla-flu da final do Carioca?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
16 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »