Brasil

Em entrevista, Lula fala sobre facada de Bolsonaro: ‘coisa muito estranha’

Em relação às conversas divulgadas entre Moro e Dallagnol, petista disse estar 'feliz'

Por Redação Tupi

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Durante uma entrevista transmita hoje pela TVT, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde abril de 2018 na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, falou sobre o episódio da facada que o atual presidente Jair Bolsonaro sofreu. Além disso, também comentou das conversas divulgadas do ministro da Justiça, Sérgio Moro, com o procurador Daltan Dallagnol.

Lula disse acreditar que os brasileiros que se sentiram traídos com o PT, tinham opções de candidatos à Presidência melhores que Bolsonaro.

“Alguém que se sentiu traído pelo PT não poderia ter votado no Bolsonaro. Se o cara se sentiu traído, poderia ter votado em coisa melhor, o Boulos foi candidato, o Ciro, embora não mereça porque é muito grosseiro, foi candidato”, disse o ex-presidente.

Lula também comentou sobre a facada que o atual presidente sofreu na época da campanha, em setembro do ano passado. O petista desconfiou da vericidade do atentado.

“Eu, sinceramente…aquela facada tem uma coisa muito estranha, uma facada que não aparece sangue, que o cara é protegido pelos seguranças do Bolsonaro”, falou Lula.

Sobre as conversas vazadas entre Moro, então juiz, e Dallagnol, Lula disse que o ministro é mentiroso e que a mentira dele já tinha ido muito longe.

“Estou ficando feliz com o fato de que o País finalmente vai conhecer a verdade… Vou falar em nome da minha bisneta que tem dois anos: pode pegar a turma da força-tarefa, o Moro, enfiar em um liquidificador, e quando for tomar o suco, não dá a honestidade do Lula”, contou o petista.

Comentários
enquete

Você acha futebol chato ou emocionante?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »