Brasil

FGTS autoriza pausa nos pagamentos da habitação popular

Pausa no pagamento das parcelas da habitação popular deve impactar em até R$ 3 bilhões a arrecadação do FGTS

Por Marcos Antonio de Jesus

 

(Foto: Reprodução/Agência Brasil)

O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço autorizou que os agentes financeiros que respondem por financiamentos também suspendam temporariamente os pagamentos ao FGTS. A medida vale por até 120 dias. A suspensão temporária dos pagamentos de habitação popular foi aprovada nesta terça-feira pelo Conselho Curador do FGTS a pedido da Caixa Econômica Federal, que é o agente operador do FGTS.

É que bancos como a Caixa permitiram que os clientes pausassem o pagamento dos financiamentos imobiliários durante a pandemia do novo coronavírus, mas ainda não tinham autorização para suspender o repasse desses valores ao FGTS, no caso dos financiamentos subsidiados pelo Fundo. O governo impôs alguns limites para essa suspensão, com o intuito de limitar a pausa aos financiamentos da habitação popular e não afetar a rentabilidade do FGTS.

A pausa no pagamento das parcelas da habitação popular deve impactar em até R$ 3 bilhões a arrecadação do FGTS, enquanto as suspensões já autorizadas para os empréstimos de saneamento e mobilidade terão impacto de R$ 690 milhões e R$ 50 milhões, respectivamente.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
26 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »