Brasil

‘Guru da meditação’ vira réu por estupro de vulnerável em São Paulo

Ele foi acusado por uma ex-aluna

Por Redação Tupi

Foto: rede social

Conhecido como “guru da meditação na pandemia”, o terapeuta Tadashi Kadomoto, virou réu após ser denunciado pelo Ministério Público de São Paulo por estupro de vulnerável. Ele foi acusado por uma ex-aluna. Tadashi afirmou que está à disposição das autoridades e que vai se afastar das atividades. 

Na madrugada desta segunda-feira (12), ele publicou um vídeo nas redes sociais negando as acusação e agradecendo mensagens de apoio que estava recebendo. As transmissões ao vivo de Tadashi em redes sociais costumam atrair milhares de seguidores com mensagens de autoconhecimento.

Primeiro fiquei muito assustado, sem entender o que estava acontecendo porque não fui procurado pela Justiça”, afirmou. “Tenho falhas, cometo erros, como todo ser humano, mas jamais cometi atos criminosos.” – disse Tadashi em sua rede social.

Em entrevista ao programa Giro Esportivo da Super Rádio Tupi, a organizadora do evento, Luminarium, falou sobre o caso do ‘Guru da meditação’:

 

Comentários
enquete

Você tem acompanhado o programa "De Frente com Elas", da Super Rádio Tupi?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
07 de Março de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Samba Social Clube
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »