Brasil

Hospital recusa interromper gravidez de criança de 10 anos

Grávida após ser estuprada pelo tio, a criança conseguiu autorização judicial para abortar o feto

Por Redação Tupi

Foto: Agência Brasil

A criança de 10 anos, que ficou grávida após ser estuprada pelo tio, conseguiu autorização judicial para abortar o feto neste sábado (15). Apesar do documento, o Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes, no Espírito Santo, recusou o procedimento à menina. A notícia foi divulgada pelo site IG.

O pedido foi negado, porque segundo o hospital, a gestação da menina já está avançada, com 22 semanas. A suspeita era de que ela tivesse cerca de três meses de gravidez.

A família da menina está na procura de outro estada para realizar o procedimento. O tio da menina, que cometia os abusos contra ela há pelo menos quatro anos, ainda é procurado pela polícia.


Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
16 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Roberto Canazio
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
11:00 - Programa Francisco Barbosa
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »