Brasil

Justiça de Goiás determina que João de Deus deixe presídio e cumpra prisão domiciliar

Condenado por diversos abusos sexuais contra mulheres durante atendimentos espirituais, representante religioso cumpre pena desde 2018, mas retornou para a cadeia em agosto

Por Redação Tupi

Foto: (Reprodução)

A Justiça de Goiás determinou nesta terça-feira (14), que João Teixeira de Faria deixasse o presídio e voltasse a cumprir prisão domiciliar, segundo informou a defesa dele. Condenado por diversos abusos sexuais contra mulheres durante atendimentos espirituais, representante religioso cumpre pena desde 2018, mas retornou para o Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia no dia 26 de agosto.

O representante religioso sempre negou ter cometido os crimes.

Após oferecer a última denúncia contra ele por estupro de vulnerável, o Ministério Público de Goiás (MP-GO) entrou com um novo pedido de prisão pelo fato de as vítimas se sentirem inseguras com o religioso cumprindo pena em casa, o que foi aceito pela comarca de Abadiânia. Ainda segundo os promoteres, a Justiça aceitou a denúncia, o tornando réu, e decretou a prisão no final de agosto.

João de Deus já cumpria pena em regime domiciliar por causa da pandemia do coronavírus, mas retornou ao presídio em agosto, após a 15ª denúncia apresentada pelo MP contra o réu. Nesse momento, com a nova decisão unanime da Justiça, ele deve voltar a responder pelos seus crimes em sua casa, em Anápolis, a 55 km de Goiânia.

 



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
24 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »