Brasil

Justiça de Minas libera goleiro Bruno para que more em MT e trabalhe em time de futebol

Jogador foi condenado a mais de 20 anos de prisão por participação na morte da modelo Eliza Samudio

Por Redação Tupi

O goleiro Bruno Fernandes das Dores de Souza, ex-Flamengo, obteve liberação da Justiça de Minas Gerais para se mudar para Mato Grosso. O jogador, que foi condenado a mais de 20 anos de prisão por participar da morte de Eliza Samudio, mãe do seu filho, vai trabalhar no Clube Esportivo Operário Várzea-grandense, em Cuiabá. Segundo informações do G1.

A decisão foi dada pelo juiz Tarciso Moreira de Souza, da Vara de Execução em Meio Aberto e Medidas Alternativas da Comarca de Varginha (MG). No entanto, ida de Bruno para o time varzea-grandense tem gerado grande polêmica.

Por meio das redes sociais, o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Mato Grosso manifestou repúdio e preocupação com a ida do jogador.

“Considerando que o esporte cria ídolos nos quais crianças e jovens que estão em processo de formação se espelham a contratação do goleiro Bruno para o referido time de futebol é um fato bastante preocupante”, diz a nota.

A entidade destaca que mesmo tendo cumprido parte da pena pela morte de Eliza Samudio e ido para o regime semi-aberto, Bruno não pode ser tratado com “ídolo”. “Do contrário a mensagem que fica subentendida é que o machismo, a misoginia e o feminícidio são tolerados pela nossa sociedade o que é muito sério e gravíssimo.”

O conselho pede ainda que o Clube Esportivo Várzea Grandense volte atrás e não contrate o goleiro.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Dezembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Fala Garotinho
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
11:00 - Programa Francisco Barbosa
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
08:00 - Programa Roberto Canazio
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »