Brasil

Marco Aurélio adia inquérito contra Bolsonaro até plenário do STF decidir sobre depoimento presencial

Agora, o inquérito ficará paralisado e o depoimento suspenso até a decisão do plenário

Por Redação Tupi

(Foto: Nelson Jr./SCO/STF)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STFMarco Aurélio Mello informou, nesta quinta-feira (17), que levará ao plenário da corte o recurso do Presidente da República, Jair Bolsonaro, sobre o inquérito que avalia se ele tentou interferir na Polícia Federal.

Segundo o ministro, caberá ao plenário do STF definir se Bolsonaro pode enviar depoimento por escrito ou, se preferir, escolher o melhor dia para ser ouvido.

Agora, o inquérito ficará paralisado e o depoimento suspenso até a decisão do plenário. O presidente do STF, ministro Luiz Fux decidirá sobre a data do julgamento.

Em maio, o ex-ministro da Justiça Sergio Moro acusou Bolsonaro de interferir na PF. Já a polícia pediu ao STF mais 30 dias para concluir a apuração do caso.

A decisão de Marco Aurélio Mello atende a um recurso da Advocacia-Geral da União (AGU), que defende que Bolsonaro possa depor por escrito.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
29 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Francisco Barbosa
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »