Brasil

Ministro da Educação diz que é contra a cobrança de mensalidade em universidades federais

De acordo com ele, 'será uma medida que não trará resultados práticos'

Por Redação Tupi

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Na manhã desta terça-feira, o ministro da Educação, Abraham Weintrab, disse que não é a favor da cobrança de mensalidade para alunos de alta renda em universidades federais.

A declaração foi feita em uma entrevista para a Rádio Gaúcha, na qual ele disse que a maioria dos estudantes não poderiam arcar com o valor de uma mensalidade.

“Essa é uma medida que não trará resultados práticos, uma vez que, em média, apenas 10% dos alunos das federais teriam condições de arcar com essa mensalidade”, disse ele.

Weintraub quer propor um sistema que, na visão dele, irá poupar os impostos públicos.

“O debate que eu gostaria de fazer é os seguinte: se a graduação de um aluno de uma (universidade) federal é de, em média, R$ 450 mil para o pagador de imposto, porque não chegamos para esse aluno e dizemos que daremos a ele R$ 300 mil para se formar onde ele quiser”, disse o ministro.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Fevereiro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »