Brasil

Multa adicional de 10% do FGTS será extinta a partir desta quarta-feira

A taxa foi extinta pela lei que instituiu o saque-aniversário e aumentou o saque imediato do benefício

Por Camila Moraes

Foto: Agência Brasil

A partir desta quarta-feira, as empresas vão deixar de pagar a multa adicional de 10% do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, o FGTS, em demissões sem justa causa. A taxa foi extinta pela lei que instituiu o saque-aniversário e aumentou o saque imediato do benefício, sancionada no dia 12 de Dezembro pelo presidente Jair Bolsonaro.

A multa extra aumentava, de 40% para 50% sobre o valor depositado no FGTS do trabalhador, a indenização paga pelas empresas nas demissões sem justa causa. O complemento, no entanto, não ia para o funcionário. Os 10 por cento adicionais iam para a conta única do Tesouro Nacional, de onde era repassado ao FGTS, administrado por representantes dos trabalhadores, dos empregadores e do governo.

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Janeiro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Isabele Benito
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »