Brasil

Novo Bolsa Família deve entrar em vigor em novembro. Reajuste estudado é de 50%

Intenção é começar a pagar o benefício, com reajuste, após o término do auxílio emergencial.

Por Marcos Antonio de Jesus

Imagem do ministro João Roma Neto
(Foto: Divulgação / Câmara dos Deputados)

De acordo com o ministro da Cidadania, João Roma Neto (Republicanos – BA), o valor do Programa social Auxílio Brasil, que vai substituir o Bolsa Família, vai ser decidido apenas em setembro, após o envio da Lei Orçamentária Anual, e pode entrar em vigor no mês de novembro. Segundo o ministro, a intenção é começar a pagar o benefício, com reajuste, após o término do auxílio emergencial. “Já em novembro esperamos ofertar a essa população necessitada o Auxílio Brasil”, disse ele.

O programa social atende cerca de 14 milhões de pessoas e deve alcançar 16 milhões. O reajuste estudado pelo governo federal deve chegar 50%. “A reestruturação dos programas sociais visa ir além de uma proteção da população em vulnerabilidade. Poder apresentar através destes programas ferramentas e trilhas para o cidadão conquistar emancipação para que ele possa galgar mais espaços e qualidade de vida a sua família”, completou João Roma Neto.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
28 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Radar Tupi
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »