Brasil

‘Pazuello não consegue atuar sob pressão”, diz editor do Jornal Correio Braziliense

Vicente Nunes também falou, durante participação no Programa Cidinha Livre, sobre o discurso do presidente Bolsonaro em que ele chama a população de "canalha"

Por Luiz Walcyr

Jair Bolsonaro e Eduardo Pazuello (Foto: Reprodução)

Na manhã desta quarta-feira (05), o presidente Jair Bolsonaro fez um discurso polêmico, no Palácio do Planalto, em Brasília, sobre o tratamento da Covid-19. Para Bolsonaro, as pessoas que não são a favor do tratamento precoce contra a doença, com o uso de medicamentos como a Cloroquina, são “canalhas”.

O editor-executivo de política do Jornal Correio Braziliense, Vicente Nunes, falou sobre o discurso do presidente, durante participação no Programa Cidinha Livre, desta quarta-feira (05), na Super Rádio Tupi.

Segundo o jornalista, Bolsonaro fez um pacto com a morte ao querer que a população vá para rua, contrariando os protocolos sanitários.

“O dia de hoje já está terrível com a morte de Paulo Gustavo. Nós vimos, ontem (04), o assassinato de três crianças e duas professoras. O Brasil está perdido. A gente viu ainda, logo pela manhã, o presidente da República mostrando o pacto que ele fez com a morte querendo colocar as pessoas na rua para se contaminar. É uma loucura o que o presidente da república fez”, criticou Vicente.

O editor também mostrou indignação pela ameça feita pelo presidente à população. “Ele nos ameaçou, mandou um recado pro Supremo Tribunal Federal e disse que pode sim baixar o decreto para proibir lockdown. Ele (Bolsonaro) disse ainda: “Não ousem me contestar”.

Cidinha aproveitou para complementar o comentário do jornalista. “Vamos parar com essa demagogia de que eu falo isso uma hora porque me convém”.

Vicente Nunes também falou sobre os últimos desdobramento da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19. O jornalista do Correio Braziliense fez severas críticas ao ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que afirmou não poder depor presencialmente.

De acordo Vicente, as ações de Pazuello demonstram que o político está “fugindo” da sessão parlamentar. “Pazuello fugiu. Ele não segura a onda e não consegue atuar sob pressão. Ele deve ser um daqueles generais que quando tem uma guerra coloca todos os pretos e pobres para morrer enquanto fica batendo palminha” criticou ele.

Ouça a entrevista completa:



Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
16 de Junho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Francisco Barbosa
« Programa Anterior
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »