Brasil

PGR prorroga Lava Jato de Curitiba até janeiro e defende criação de novo modelo

Na decisão, Humberto Jacques lembrou a necessidade de o Conselho Superior discutir uma estrutura permanente para as forças-tarefas.

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto/Divulgação MPF)

O vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, decidiu prorrogar até o dia 31 de janeiro a validade da força-tarefa da Lava Jato de Curitiba, com dedicação exclusiva para 11 dos 14 integrantes do grupo. O tempo concedido pelo número dois da gestão de Augusto Aras é menor do que a prorrogação do que a decisão liminar proferida pela subprocuradora-Geral Maria Caetana, do Conselho Superior do Ministério Público Federal, que era de um ano.

Na decisão, Humberto Jacques lembrou a necessidade de o Conselho Superior discutir uma estrutura permanente para as forças-tarefas. Atualmente, o órgão debate um projeto para a criação de uma Unidade Nacional Anticorrupção, que absorveria a Lava Jato dos Estados em um grupo nacional de apoio a grandes investigações.

Na avaliação de integrantes do conselho superior, a decisão de Humberto Jacques se sobrepõe ao despacho liminar da conselheira, porque a PGR tem a competência administrativa sobre as forças-tarefas. O assunto ainda deve ser levado para debate no Conselho Superior do MPF.

Em nota, a força-tarefa afirmou que a decisão “vai ao encontro do interesse público, pois permitirá que resultados significativos sejam obtidos em prol da sociedade brasileira”.

Comentários

enquete

Quem vai levar a melhor no Fla-Flu no Cariocão?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »