Brasil

Polícia Federal investiga esquema de ocultação de 170 imóveis em nomes ‘laranjas’

Valor total estimado dos imóveis é de R$ 80 milhões. Levantamentos da Receita Federal indicam que uma das contas da empresa teria recebido créditos de mais de R$ 700 milhões

Por Redação Tupi

(Divulgação: Agência Brasil)

A Polícia Federal realiza, na manhã desta quarta-feira (03), a terceira fase da Operação Egypto, batizada de Fractais. A PF investiga se os alvos da primeira fase dessa operação, que aconteceu em 2019, ocultaram patrimônio para escapar das investigações. A Justiça bloqueou 170 imóveis registrados em nomes laranjas, com valor total estimado em R$ 80 milhões. Caso seja comprovada essa ação, os acusados responderão por lavagem de dinheiro.

Ao todo, 60 policiais federais cumprem 13 mandados de busca e apreensão e 7 de prisão temporária. Os agentes atuam nos estados do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Espírito Santo.

A maioria dos investigados, nesta etapa, são pessoas identificadas a partir de informações que surgiram com a análise do material apreendido na primeira fase da Operação Egypto, que investiga uma instituição financeira sem autorização do Banco Central. Levantamentos da Receita Federal indicam que uma das contas da empresa teria recebido créditos de mais de 700 milhões de reais entre agosto de 2018 e fevereiro de 2019.

Comentários
enquete

Viih Tube mereceu vencer a prova do líder?

Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Abril de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Francisco Barbosa
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »