Brasil

Preços dos alimentos saltam 28%, no mundo, atingindo o maior nível em 10 anos

Em dezembro, os preços de todas as categorias no índice de preços de alimentos e produtos lácteos caíram, com óleos vegetais e açúcar mais significativamente

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

Os preços mundiais dos alimentos aumentaram 28% em 2021, o nível mais alto em 10 anos, e as esperanças de um retorno a condições de mercado mais estáveis neste ano são mínimas, disse Organização para a Alimentação e Agricultura (FAO), a agência de alimentos da ONU, nesta quinta-feira.

O índice de preços dos alimentos da FAO, que acompanha as commodities alimentares mais comercializadas no mundo, teve média de 125,7 pontos em 2021, a maior desde 2011, quando atingiu 131,9 pontos. Os preços mais altos dos alimentos contribuíram para o aumento mais amplo da inflação global, à medida que as economias se recuperam da crise causada pela pandemia de Covid-19 e a FAO alertou que os custos mais altos estão colocando as populações mais pobres em risco nos países que dependem das importações.

Em dezembro, os preços de todas as categorias no índice de preços de alimentos e produtos lácteos caíram, com óleos vegetais e açúcar mais significativamente, informou a agência em sua atualização mensal.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
16 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Conexão Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »