Brasil

Bolsonaro pede para Fachin não falar de forma ‘descortês’ sobre as Forças Armadas

Presidente negou também que haja ataque contra a segurança das urnas eletrônicas

Por Marcos Antonio de Jesus

Live de Bolsonaro
(Foto: Reprodução / Facebook)

O presidente Jair Bolsonaro classificou como descortesia as declarações do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Edson Fachin, sobre uma suposta interferência das Forças Armadas no processo eleitoral. O ministro afirmou que “quem trata de eleições são as forças desarmadas”. “Não sei de onde ele tira esse fantasma de que as Forças Armadas querem intervir na Justiça Eleitoral. As Forças Armadas não estão se metendo nas eleições. Elas foram convidadas por uma portaria do então presidente Barroso. O senhor tem poder para revogar a portaria. Enquanto a portaria está em vigor, as Forças Armadas foram convidadas”, lembrou Bolsonaro durante live transmitida nas redes sociais, ao destacar que as Forças Armadas integram a Comissão de Transparência Eleitoral montada pela Corte.

O presidente negou também que haja ataque contra a segurança das urnas eletrônicas e afirmou que as Forças Armadas podem fazer auditoria do processo eleitoral. “A gente não entende essa maneira de o senhor falar, se referir às Forças Armadas. Ninguém quer impor nada, atacar as urnas eletrônicas, atacar a democracia. Ninguém está incorrendo em atos antidemocráticos. Por favor, não se refira dessa forma às Forças Armadas. Sou capitão do Exército, é uma forma descortês de se referir à instituição que presta excelentes serviços ao Brasil”, declarou também.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Maio de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »