Brasil

Professor de música é preso acusado de envolvimento com o Estado Islâmico

Investigado passou a assumir visão religiosa extremista e violenta, com potencial para provocar atos definidos em lei como terrorismo

Por Isaac Santos

Fuzil terrorista
Foto/Divulgação PF

Um professor de música foi preso, nesta quinta-feira (02) numa ação de combate ao terrorismo, realizada pela Polícia Federal e a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), em Maringá, no Paraná, que apontou que ele estava sendo recrutado por meio virtual, pelo grupo terrorista Estado Islâmico.

O jovem passou a assumir uma visão religiosa extremista e violenta, com potencial, inclusive, para provocar atos definidos como terrorismo. Segundo a PF ele vinha mantendo contato direto com radicais islâmicos no exterior, manifestando intenção de viajar para outros países, como o Iraque, e fazer parte dessas organizações.

Além disso, ele publicou vídeos na internet em que aparece encapuzado, exibindo armas, munição, divulgando conteúdo extremista e a vontade de matar inocentes numa ação suicida. Na casa dele foram apreendidos uma espingarda e muitas réplicas de arma. O preso possui extenso histórico de registros criminais, incluindo homicídio qualificado.

Segundo as investigações, o acusado possui treinamento para o manuseio de armas e, poderia a qualquer momento fechar o ciclo para a consumação de ato terrorista. As penas previstas na lei antiterrorismo podem chegam a 30 anos de reclusão.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Fala Garotinho
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
09:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Botequim do Mister
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »