Brasil

Sertanejo morre com um tiro no olho após amigo atirar acidentalmente

Artista estava em um lava jato, em Goiânia, quando o proprietário do local, amigo dele, foi mostrar um revólver calibre 38 que havia comprado

Por Redação Tupi

(Foto: Reprodução)

Diego Souza Sá, cantor sertanejo de 29 anos, morreu após ser baleado dentro de um lava jato, nesta terça-feira (13), em Vila Nova, em Goiânia. O músico foi atingido, acidentalmente, com um tiro no olho. O disparo teria sido efetuado por um amigo.

De acordo com parentes, Diego estava acompanhando um primo, que tinha ido buscar o carro no estabelecimento comercial.

Investigações da Polícia Federal apontam que o dono do lava jato, que é amigo dos dois, foi mostrar o revólver calibre 38 que havia comprado. Ele teria feito o disparo ao manusear a arma, ferindo o musico na cabeça. Logo após o ocorrido, o autor ficou aflito e saiu do local para pedir socorro, mas não retornou, inclusive levando o revólver”.

A Polícia Civil informou ainda que o dono do lava jato pode responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, quando se apresentar à delegacia.

Diego Souza Sá deixa a esposa e uma filha de 2 anos. Ele fazia shows em Goiânia e em cidades do interior do estado.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »