Conecte-se conosco

Brasil

Serviço de Bordo é liberado em voos nacionais a partir deste domingo

Apesar da liberação do serviço de bordo, a Anvisa manteve a obrigatoriedade do uso de máscaras em aviões e áreas restritas de aeroportos

Publicado

em

Imagem de um Avião voando

(Foto: Reprodução / Agência Brasil)

O serviço de alimentação a bordo em voos nacionais volta a ser liberado a partir deste domingo após uma determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. As companhias Gol e Azul informaram que já retomaram o serviço em parte dos voos. Na Gol, essa retomada vai ser gradual. No domingo, o atendimento ficará disponível em voos com origem nos aeroportos de Congonhas e Guarulhos. A partir de 1º de junho, ele será oferecido também em voos que saem de Brasília e Rio de Janeiro, tanto do Santos Dumont quanto do Galeão. A operação estará disponível em todos os voos domésticos da companhia a partir de 16 de junho.

Seguindo as determinações da Anvisa por conta da pandemia, a Gol oferecia, desde dezembro de 2020, apenas água sob demanda nos voos nacionais. Em voos internacionais, o serviço de bordo da companhia já havia sido retomado em novembro de 2021. A Azul anunciou que o serviço de bordo com snacks e bebidas seguirá sem custo adicional. Segundo a empresa, as opções a bordo “serão diversificadas e ajustadas conforme o horário do voo, com diferentes cardápios para operações que decolam de manhã, de tarde e de noite”.

Apesar da liberação do serviço de bordo, a Anvisa manteve a obrigatoriedade do uso de máscaras em aviões e áreas restritas de aeroportos. A decisão foi tomada pela diretoria da agência no dia 12 deste mês.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.