Brasil

Tesouro Direto têm melhor novembro da história em vendas

Venda de títulos é uma das formas que o governo tem de captar recursos

Por Redação Tupi

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O Tesouro Nacional informou, nesta sexta-feira, que a venda de títulos públicos a pessoas físicas somou R$ 1,865 bilhão em novembro. O valor vendido por meio do programa Tesouro Direto é o melhor da história para o mês. O número superou o recorde de 2016: R$ 1,840 bilhão.

O número de investidores ativos somou 1.172.771. Apenas no mês passado, 1.355 participantes passaram a investir em títulos públicos. O número de investidores cadastrados – ativos e não ativos – totalizou 5.431.958 pessoas.

No mês passado, os títulos mais vendidos foram vinculados à inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Esses papéis concentraram 43,2% das vendas em novembro. Em segundo lugar, vieram os papéis corrigidos pela taxa Selic (juros básicos da economia), que responderam por 40% das vendas.

Em terceiro, ficaram os títulos prefixados (com juros definidos antecipadamente), que responderam por 16,8% das vendas. Os investimentos de menor valor continuaram a liderar a preferência dos aplicadores. As vendas abaixo de R$ 1 mil concentraram 66,6% do volume aplicado no mês.

A venda de títulos é uma das formas que o governo tem de captar recursos para pagar dívidas e honrar compromissos.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »