Conecte-se conosco

Brasil

Traçar metas para 2023 será muito importante, explica especialista

Celina Joppert dá dicas de como aproveitar o ano que vem

Publicado

em

Traçar metas para 2023 será muito importante, explica especialista
Traçar metas para 2023 será muito importante, explica especialista

A chegada de um novo ano sempre nos desperta novas expectativas e aquele desejo de fazer planos e correr atrás dos nossos sonhos. Nem todas as pessoas têm disposição para fazer uma longa e detalhada lista, mas, com certeza, todos temos em mente nossas metas pessoais para o ano que se aproxima. Porém, seja por falta de preparo, foco ou recursos, é comum estabelecer diversas metas e desistir das mesmas logo nos primeiros meses do ano.

Segundo a especialista em desenvolvimento humano Celina Joppert, as metas são importantes para reunir as energias e orientar os objetivos para algo maior. Mas há metas que são muito grandes e as pessoas costumam se frustrar no meio do caminho. “É importante criar ‘micrometas’, que levam uma semana, ou um mês, e aí dividir uma meta grande em várias com espaços de tempo mais curtos”, explica.

Celina Joppert, especialista em desenvolvimento humano (Foto: Divulgação)

Celina diz também que uma coisa essencial para as metas acontecerem é elas serem alinhadas com nossos valores, e aí é preciso colocar dentro desse “padrão de qualidade” o que pode realmente fazer e ser mensurável. “Exemplo: metas como ‘se comunicar melhor com as pessoas’ são muito vagas, pois você poderia fazer várias coisas. Algo mais específico seria ‘eu quero ter três pessoas na minha vida para ter uma comunicação mais verdadeira e mais fluida’. E aí o primeiro passo é escolher essas pessoas. É muito comum irmos do A direto para o Z. Quando a meta fica muito grande, a gente desiste”, alerta.

Celina finaliza dizendo que essa é apenas uma de várias técnicas de metas e ela se chama SMART (inteligente). “Em inglês, S seria de ‘específica’, M de ‘mensurável’, A de ‘alcançável’, R de ‘relevante’ e T de ‘tempo determinado'”, finaliza.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.