Conecte-se conosco

Botequim do Mister

Compositor Paulo César Feital ganha homenagem no Botequim do Mister

Diretora de barracão da Mangueira Tânia Bisteka e o vice-presidente da Liesa Helio Motta também participam do programa

Publicado

em

Diretora de barracão da Mangueira Tânia Bisteka e o vice-presidente da Liesa Helio Motta também participam do programa

A edição do último sábado (26), do Botequim do Mister, da Super Rádio Tupi, foi marcada pela homenagem ao poeta Paulo César Feital. Compositor gravado por grandes intérpretes da MPB, como Milton Nascimento, Chico Buarque, Emílio Santiago, Alcione, Beth Carvalho, entre outros, o artista recebeu uma placa pelos serviços prestados à cultura brasileira. O programa contou também com as participações da diretora de barracão da Mangueira Tânia Bisteka e do vice-presidente da Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) Hélio Motta.

Paulo César Feital destacou a parceria com Altay Veloso no samba da Mocidade Independente de Padre Miguel para o carnaval 2017. O enredo “As mil e uma noites de uma ‘Mocidade’ pra lá de Marrakesh” foi aclamada pela crítica como um dos maiores samba-enredo da história da agremiação. A Mocidade foi campeã do Carnaval de 2017, junto com a Portela.

Feital falou também de sucessos de autoria como: ‘Saigon’ e ‘Perfume Siamês’, eternizadas por Emílio Santiago, além de ‘Farol das Estrelas’, gravado pelo grupo Soweto, em 1999.

“Conheci o Emílio no início dos 1980. O Claudio Cartier me mostrou uma música e me pediu um letra e eu fiz ‘Saigon’. Depois a Beth Carvalho gravou, mas ela estourou com o Emílio. Ele teve uma importância muito grande para a minha carreira, era uma pessoa muito discreta, querida e um ser humano íntegro, absurdamente profissional”.

Tânia Bisteka, primeira diretora de barracão do Grupo Especial, contou sua trajetória na Mangueira até ser convidada pela presidente Guarayra Firmino para assumir o cargo em maio deste ano.

“Comecei a desfilar na escola aos 8 anos de idade. Na adolescência entrei para ala de passistas e em 1999 cheguei ao cargo de rainha de bateria. Fui diretora de shows e desde 2015 era responsável pelo almoxarifado do barração”, explicou.

O Vice-presidente da Liesa Helio Motta, o Helinho, explicou a proposta do álbum oficial dos sambas enredos para o Carnaval 2023, gravado no mês de outubro.

“Contratamos o Alceu Maia, um ícone da música, profissional que já participa da nossa gravação há 20 anos para se o produtor, além de um timaço de arranjadores. É um disco de estúdio, mais limpo, que valoriza o samba em sua melodia e letra”, disse.

O vice-presidente da Liesa também revelou que tem a intenção de atender a outros públicos que desejam um disco gravado ao vivo.

Continue lendo