Carnaval

Escolas da Série A receberão parte do patrocínio do Grupo Especial

Dos R$ 20, 5 milhões que seriam destinados apenas à elite, cerca de R$ 2 milhões serão distribuídos para as escolas do grupo de acesso

Por pedro henrique leite

Crédito: Cezar Loureiro | Riotur

As escolas de samba da Série A receberão um aporte financeiro de cerca de R$ 2 milhões, que será dividido de forma igualitária para as 14 agremiações. O dinheiro é oriundo da parceria público-privada do Governo do Estado com a Refit, refinaria de Manguinhos. A informação foi obtida com exclusividade pela Super Rádio Tupi.

Na última quinta-feira, o Governo do Estado anunciou que a parceira distribuiria R$ 20,5 milhões às escolas de samba do Grupo Especial. Mas esse valor será diminuído em razão da colaboração para as escolas do segundo grupo.

Várias agremiações que estão na Série A em 2020 devem altos valores aos fornecedores de material. Segundo fontes da Lierj, há dívidas dos Carnavais de 2019 e 2018. Com a verba da Refit, as escolas devem dar prioridade ao pagamento dessas pendências.

O auxílio do Governo do Estado para a Série A acontece, também, pela influência da primeira dama, Helena Witzel, que é uma sambista assumida e torcedora da Imperatriz Leopoldinense (atualmente no grupo de acesso).

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
07 de Abril de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »