Carnaval

Pastor Henrique Vieira aceita viver Jesus no desfile da Mangueira e vira alvo de ataques no meio evangélico

Com enredo “A verdade vos fará livre”, a Estação Primeira trará uma releitura da biografia de Jesus Cristo, como se Ele voltasse a Terra nos dias atuais, nascido no morro da Mangueira

Por Redação Tupi

Com enredo “A verdade vos fará livre”, a Estação Primeira trará uma releitura da biografia de Jesus Cristo, como se Ele voltasse a Terra nos dias atuais, nascido no morro da Mangueira
(Foto: Reprodução)

O teólogo e pastor evangélico Henrique Vieira, da Igreja Batista do Caminho, localizada na Gávea, Zona Sul do Rio, aceitou o convite do carnavalesco Leandro Vieira para viver uma das faces de Jesus Cristo, no desfile da Estação Primeira de Mangueira, para o carnaval deste ano. Porém, a onda de especulações e controvérsias entorno do enredo da verde e rosa, fez com que Vieira virasse alvo de ataques e críticas no meio evangélico.

Em entrevista ao site Pleno News, o pastor Renato Vargens, sênior da Igreja Cristã da Aliança em Niterói, na Região Metropolitana do estado, fez questão de condenar Henrique Vieira por ter aceito a proposta da Mangueira e o acusou de descumprir preceitos bíblicos fundamentais. “Não me surpreende a ação do ‘pastor’ em participar do carnaval carioca. Aliás, esse senhor não pode sequer se considerado evangélico. Além de defensor da teologia liberal, Vieira relativiza as Escrituras promovendo conceitos absolutamente antagônicos a Palavra de Deus, justificando o pecado, defendendo o aborto, negando portanto valores tão caros à ortodoxia evangélica”, declarou.

Com enredo “A verdade vos fará livre”, a Estação Primeira trará uma releitura da biografia de Jesus Cristo, como se Ele voltasse a Terra nos dias atuais, nascido no morro da Mangueira. A proposta gerou polêmica nas redes sociais e a escola foi alvo de acusações de “blasfêmia” e de “atacar os cristãos”. O Instituto Plínio Corrêa de Oliveira, associação católica de São Paulo, chegou a promover um abaixo-assinado pedindo a proibição da apresentação.

“O enredo da Mangueira tem consistência e coerência com aquilo que está na bíblia, com o que está nos evangelhos. O enredo apresenta uma relação profunda e direta de Jesus com a dignidade humana, com a defesa da justiça social, uma relação de Jesus com os corpos que ao longo da história são alvo de violência, descriminação, preconceito e exploração. De fato, Jesus andou com os pobres, Jesus andou prioritariamente com pessoas que eram marginalizadas na sociedade. As criticas me parecem sem fundamento, sem verdadeira compreensão, sem sincera reflexão sobre o conteúdo que o enredo propõe”, avaliou Henrique Vieira em entrevista ao jornal O Globo.

A Mangueira será a terceira escola a se apresentar, na Marquês de Sapucaí, no domingo de carnaval.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Fevereiro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Antônio Carlos
« Programa Anterior
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »