Capital Fluminense

[VÍDEOS E ÁUDIOS] Despedida a Dominguinhos do Estácio é marcada por comoção e homenagens

Reportagem da Super Rádio Tupi acompanhou o velório e o enterro do intérprete realizados na tarde desta segunda-feira (31)

Por Diogo Sampaio

Enterro Dominguinhos (Foto: Diogo Sampaio/ Divulgação: Super Rádio Tupi)
Reportagem da Super Rádio Tupi acompanhou o velório e o enterro do intérprete realizados na tarde desta segunda-feira (31)
(Foto: Diogo Sampaio/Super Rádio Tupi)

O corpo do cantor e compositor Domingos da Costa Ferreira, mais conhecido como Dominguinhos do Estácio, foi sepultado no final da tarde desta segunda-feira (31), no Cemitério São Francisco de Paula, no Catumbi, na Zona Norte do Rio. A cerimônia foi aberta ao público e contou com a presença de familiares, amigos próximos e grandes personalidades do carnaval carioca.

A reportagem da Super Rádio Tupi esteve presente e acompanhou a despedida ao intérprete. Ao final da solenidade, Lívia Nazaré Borba Ferreira, filha de Dominguinhos do Estácio, falou com a imprensa e abriu o coração sobre o pai. Ouça abaixo:

Entre as personalidades que estiverem presentes no velório e enterro de Dominguinhos estavam alguns dos principais intérpretes da folia carioca. Entre eles, Wantuir Oliveira, voz oficial da Unidos da Tijuca. Abaixo, escute o depoimento:

Outro nome que falou com a reportagem da Super Rádio Tupi foi o intérprete Tinga, responsável por comandar o carro de som da Unidos de Vila Isabel. Confira no áudio abaixo:

Quem também prestou uma última homenagem a Dominguinhos foi o intérprete Neguinho da Beija-Flor. Ouça o relato a seguir:

Um dos nomes de maior destaque da nova geração do carnaval carioca, Pitty de Menezes, intérprete do Porto da Pedra, relatou sua relação com Dominguinhos. Ouça o depoimento no áudio abaixo:

O velório e o enterro do corpo de Dominguinhos contou com muita emoção por parte dos presentes na despedida. Um dos momentos mais marcantes da solenidade aconteceu durante o sepultamento, quando sambas clássicos cantados por Dominguinhos foram lembrados como “Pauliceia desvairada – 70 anos de Modernismo”, da Estácio de 1992, e “Trevas! Luz! A explosão do universo”, que rendeu o primeiro título da Unidos do Viradouro no Grupo Especial no ano de 1997. Veja nos vídeos abaixo:

 

 

 

 

Morte do cantor e compositor

Dominguinhos do Estácio estava internado desde o 11 de maio, no Hospital Estadual Azevedo Lima, no Fonseca, em Niterói, após sofrer uma hemorragia cerebral. O intérprete, considerado uma das vozes mais emblemáticas do carnaval carioca, chegou a ser intubado no dia 20 e teve a morte confirmada às 21h43 do último domingo.

Veja abaixo imagens do velório e sepultamento:

 

 



Comentários

Botão Calendário de Vacinação



AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Junho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show de Bola
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »