Conecte-se conosco

Carnaval

Viradouro recebe jornalista importante na luta pela inclusão de negros e indígenas

Luana Genót é fundadora e diretora-executiva do Instituto Identidades do Brasil

Publicado

em

Luana Genót durante visita ao barracão da Unidos do Viradouro na Cidade do Samba
Luana Genót durante visita ao barracão da Unidos do Viradouro na Cidade do Samba (Foto: Divulgação)

A jornalista e escritora Luana Genót, fundadora e diretora-executiva do Instituto Identidades do Brasil (ID_BR), que apoia empresas e organizações no desenvolvimento de ações afirmativas para a inclusão de negros e indígenas, esteve no barracão da Unidos do Viradouro, na Cidade do Samba, na Zona Portuária do Rio. A convite do presidente Marcelinho Calil e de Erika Januza, rainha de bateria da escola, Genót conheceu o projeto do desfile da vermelho e branco para o Carnaval 2023.

O carnavalesco Tarcísio Zanon mostrou os desenhos das alegorias e fantasias que vão ilustrar o enredo “Rosa Maria Egipcíaca”. O tema retratará a saga de Rosa Courana, africana que foi escravizada, prostituta, beata, primeira mulher negra a escrever um livro no país, e que viveu no Rio de Janeiro e em Minas Gerais no século 18.

Os diretores de carnaval Alex Fab e Dudu Falcão também recepcionaram a escritora. Durante a visita, Genót estava acompanhada pela também jornalista Tatyane Amparo e por Tom Mendes, diretor-financeiro do ID_BR.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.