Ciência e Saúde

Dezembro Vermelho conscientiza população do preconceito contra soropositivos

Saiba o que fazer caso alguém com HIV positivo seja discriminado, ou demitido, no trabalho

Por Victor Yemba

dezembro vermelho
Dezembro Vermelho conscientiza população do preconceito contra soropositivos (Foto: Divulgação)

O Dezembro Vermelho é uma campanha voltada para a mobilização nacional na luta contra o vírus HIV, a Aids, e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis. Além disso, chama-se a atenção da população para o tratamento precoce, prevenção, assistência e direitos das pessoas infectadas pelo HIV. O tema merece atenção, não só na vida pessoal, como também no ambiente corporativo, principalmente por conta do preconceito enfrentado por este grupo de pessoas no trabalho.

Segundo o advogado Solon Tepedino, os empregados devem ficar sempre atentos para evitar qualquer tipo de constrangimento e abuso por parte dos superiores hierárquicos, bem como do seu empregador direto dentro do ambiente do labor. “É vedada toda dispensa discriminatória por conta dessa doença e é vedada também qualquer tipo de ato discriminatório dentro do ambiente de trabalho. Caso o empregado passe por algum constrangimento dentro do ambiente de trabalho, ele pode procurar um advogado para propor uma reclamação trabalhista pedindo dano moral por qualquer tipo de constrangimento acerca disso”, alerta.

Solon Tepedino
Solon Tepedino, advogado (Foto: Divulgação)

Há ainda casos em que os funcionários são demitidos pelo simples fato de serem portadoras do vírus HIV. “Se o empregado for demitido por conta disso, ele pode buscar junto à Justiça do Trabalho um pedido de reintegração ao quadro de funcionários, tendo em vista que a demissão foi discriminatória”, informa Solon.

Vale ressaltar que o vírus HIV é transmitido apenas em casos de relações sexuais sem proteção com pessoas infectadas, compartilhamento de objetos perfuro cortantes contaminados (agulhas, alicates etc) ou quando mães soropositivas sem tratamento transmitem para os filhos no parto, ou na amamentação. Ainda não há cura para esta doença, mas hoje em dia existem medicamentos que, tomados de forma contínua e conjunta, fazem com que o paciente conviva com o vírus e diminua a presença dele no organismo.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Francisco Barbosa
« Programa Anterior
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »