Conecte-se conosco

Brasil

MedLevensohn registra 140 mil vendas de autotestes contra a covid-19 em sete semanas de comercialização

Outros dois testes rápidos da empresa contra a doença, que identificam se a pessoa está infectada no momento do exame e detectam anticorpos efetivamente protetores para combater a infecção, tiveram crescimento nas vendas de 20% e 35%, respectivamente, no primeiro semestre do ano

Publicado

em

MedLevensohn registra 140 mil vendas de autotestes contra a covid-19 em sete semanas de comercialização
MedLevensohn registra 140 mil vendas de autotestes contra a covid-19 em sete semanas de comercialização

A MedLevensohn - uma das principais empresas brasileiras que comercializam produtos para a saúde/bem-estar e pioneira na distribuição de testes rápidos para o novo coronavírus no Brasil – acaba de registrar 64 mil MedTestes Autotestes COVID-19 vendidos, desde que lançou o produto no Brasil, na última semana de maio. O número representa uma média de 22 mil testes vendidos por semana e a companhia afirma que a procura está cada vez maior.

O MedTeste Autoteste Covid-19 AG está disponível em todo o território nacional. Possui sensibilidade de 93,2% e especificidade de 99,2%, atingindo uma precisão relativa de 97,5% em comparação com os testes RT-PCR. O exame apresenta o resultado em apenas dez minutos e pode ser realizado em crianças a partir de três anos de idade (com a ajuda de um adulto).

Outro importante registro da empresa foi o crescimento nas vendas de outros dois testes rápidos contra a covid-19 no primeiro semestre do ano. O MedTeste Coronavírus AG, que identifica se a pessoa está infectada no momento do exame, teve um aumento de 20%, se comparado ao mesmo período no ano passado. Já o MedTeste Anticorpos Anti-Proteína S, que detecta anticorpos efetivamente protetores para combater a infecção provocada pelo novo coronavírus, teve uma procura de 35% maior que a registrada no mesmo período de 2021.

“O crescimento na procura pelos autotestes e testes rápidos está ligado não apenas ao aumento no número de casos da doença, mas também à evolução do país na cultura de testagem, evidenciando uma população ainda mais preocupada com os cuidados com a saúde, proteção e controle da pandemia”, afirma Aloysio Barros, gerente de marketing da MedLevensohn.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.