Conecte-se conosco

Ciência

MedLevensohn registra crescimento de superior a 100% nas vendas de testes para Influenza A+B no 1º semestre

Aumento está relacionado ao surto de gripe pelo novo subtipo H3N2 e revela a evolução na cultura de testagem no país, ressaltando a importância do diagnóstico eficaz para reduzir a transmissão, iniciar o tratamento correto e manter o controle de circulação do vírus

Publicado

em

MedLevensohn registra crescimento de superior a 100% nas vendas de testes para Influenza A+B no 1º semestre
MedLevensohn registra crescimento de superior a 100% nas vendas de testes para Influenza A+B no 1º semestre

A MedLevensohn – referência entre as principais empresas brasileiras que comercializam produtos para a saúde e bem-estar – acaba de registrar mais de 100% de crescimento nas vendas de testes para Influenza A+B no primeiro semestre de 2022. O aumento superior ao ano passado está relacionado ao surto de gripe no período e revela a evolução na cultura de testagem no país, ressaltando para a população a importância do diagnóstico eficaz para reduzir a transmissão, iniciar o tratamento correto e manter o controle de circulação do vírus.

De acordo com o Gerente de Marketing da companhia, Aloysio Barros, o exame é capaz de detectar os subtipos do vírus A, H1N1 e H3N2, este último, novo responsável pelo surto de gripe durante o semestre, que tornou-se ainda mais preocupante por ocorrer em meio à pandemia de covid-19 e por compartilhar sintomas com a doença provocada pelo novo coronavírus e suas variantes, como a ômicron “Quanto mais cedo o paciente identificar que tipo de vírus ele está contaminado, mais assertivo é o tratamento da doença. É indispensável que as pessoas realizem os testes e, assim, eliminem suas dúvidas. O crescimento nas vendas mostra o avanço na cultura de testagem no país e a preocupação das pessoas com a proteção da saúde pessoal e coletiva”, reforça.

Além da testagem, a importância dos cuidados preventivos contra a gripe

As baixas temperaturas atreladas ao ar seco e frio comuns no outono e no inverno são circunstâncias favoráveis para surtos de doenças como a gripe. Segundo estudo da National Institutes of Health, as condições do ar durante o período mais frio ajudam o vírus a permanecer infeccioso por mais tempo. Além disso, outros fatores como baixa exposição ao sol, fonte de vitamina D e essencial para a manutenção do sistema imunológico, além da permanência em ambientes mais fechados também fazem parte do aumento de casos de doenças virais durante essas estações do ano.

Manter uma rotina saudável pode evitar o desenvolvimento de doenças virais, como a gripe. Realizar atividades físicas, manter um nível adequado de vitamina D, realizar de três a cinco refeições por dia baseadas em fibras, carnes brancas, frutas, legumes, verduras e grãos, além de beber cerca de dois litros de água por dia, são algumas das melhores estratégias para manutenção da saúde.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.