Ciência e Saúde

OMS alerta que não há provas ainda se quem já teve Covid-19 está protegido de segunda infecção

Em comunicado, a agência das Nações Unidas alertou contra a emissão de "passaportes de imunidade" ou "certificados sem risco"

Por Marcos Antonio de Jesus

Foto: Divulgação

A Organização Mundial da Saúde informou neste sábado que atualmente “não há evidências” de que as pessoas que se recuperaram da Covid-19 e tenham anticorpos estão protegidas contra uma segunda infecção por coronavírus. Em comunicado, a agência das Nações Unidas alertou contra a emissão de “passaportes de imunidade” ou “certificados sem risco” para pessoas que foram infectadas, dizendo que a prática pode realmente aumentar o risco de propagação, pois pode ignorar o conselho padrão.

O Chile informou, na semana passada, que começaria a distribuir “passaportes de saúde” para pessoas consideradas recuperadas da doença. Uma vez rastreados para determinar se eles desenvolveram anticorpos para torná-los imunes ao vírus, eles poderiam voltar imediatamente ao trabalho. A iniciativa também já é cogitada nos Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido e Espanha.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
31 de Maio de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »