Ciência e Saúde

Pneumologista desmente fake news sobre coronavírus morrer com luz solar

Especialista destacou a importância do sol para auxiliar na recuperação de outras doenças

Por Isaac Santos

(Foto: Diana Rogers / Super Rádio Tupi)

Após diversas mensagens circularem em redes sociais, dizendo que o coronavírus podia ser combatido com 34 minutos de exposição ao sol, a pneumologista Patrícia Canto, da Escola Nacional de Saúde Pública, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), veio a público esclarecer algumas dúvidas. Ela destacou a importância de manter os ambientes abertos, bem ventilados e com incidência de luz solar, o que segundo a especialista contribui muito para redução de diversas doenças.

No dia dois de junho, foi implementada a primeira fase das medidas de flexibilização no Rio, entre as novidades anunciadas, estava a permissão para a prática de atividades esportivas ao ar livre. Muitas pessoas passaram a ignorar as recomendações das autoridades sanitárias e descumprir as regras de distanciamento. As praias voltaram a ficar lotadas.

Patrícia Canto considerou de suma importância a exposição a luz solar, mas fez algumas ressalvas, “É fundamental que as pessoas tenham alguma exposição a luz solar, porque isso ajuda na síntese de vitaminas, isso ajuda no fortalecimento do sistema imunológico até por conta exposição realmente, mas ela não bloqueia no organismo da pessoa, nenhum tipo de replicação viral”.

Dados divulgados recentemente pela secretaria estadual de saúde apontam que no município do Rio de Janeiro, 53.307 foram infectadas pela covid-19. Mais de seis mil já morreram em decorrência da doença.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Samba Social Clube
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »