Ciência e Saúde

Por medo, pais deixam de vacinar os filhos durante a quarentena

Segundo o Dr. Jose Roberto Zimmerman, os pais precisam ter em mente o quanto a vacinação é importante

Por Victor Yemba

(Divulgação)

Por causa da pandemia que estamos vivendo, muitos pais estão deixando de vacinar os seus filhos e levá-los ao pediatra, até as gestantes estão atrasando o início do pré-natal.

Um levantamento realizado entre 20 de julho e 16 de agosto mostrou 61% dos pediatras relataram queda no número de consultas e 73% das crianças deixaram de ser vacinadas neste período, o que é considerado algo grave e preocupante. A pesquisa foi divulgada pela Sociedade Brasileira de Pediatria e da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo).

O alergista e infectologista, Dr Jose Roberto Zimmerman, da Alergo Ar explica porquê a falta da vacina é extremamente prejudicial para as crianças, “a vacina quer seja com germes atenuados ou mortos induz a produção de anticorpos específicos para aquela doença, de maneira que mesmo após muitos anos de vacinação, a memória imunológica envia aqueles mesmos anticorpos específicos produzidos na época da vacinação. Isto se chama memória imunológica”.

Ainda segundo o doutor, os pais precisam ter em mente o quanto a vacinação é importante e que mesmo com o medo da pandemia, a prevenção é o melhor remédio.

Vale lembrar que graças às campanhas de vacinação, diversas doenças foram erradicadas no Brasil como: varíola e poliomelite.

Quando uma pessoa ainda criança não é vacinada contra a meningite, por exemplo, ela pode contrair e até morrer desta doença ao longo da vida.

Comentários

enquete

Flamengo vai se dar bem no confronto com o La Calera?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
11 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »