Ciência e Saúde

Volta das torcidas aos estádios pode mexer com emocional dos jogadores

Como os atletas podem blindar a mente a seu favor

Por Victor Yemba

Mosaico da torcida do Flamengo
Foto: Alexandre Vidal (Divulgação / Flamengo).

Na semana em que a Prefeitura do Rio liberou a volta de 50% da torcida nas partidas de futebol, uma questão importante precisa ser levantada: será que os atletas estão prontos para lidar com a pressão do público durante os jogos?

Estudos comprovam que a pressão exercida pela torcida pode influenciar o desempenho até de jogadores mais experientes dentro de campo. Essa influência pode ser tanto positiva quanto negativa. Segundo o especialista em atletas de alta performance e mentor do jogador João Mendes, filho do craque Ronaldinho Gaúcho, Edison Edwin, é necessário se preparar antes de entrar em campo. “O entusiasmo da torcida, a torcida empurrando, como dizemos no linguajar do futebol, faz com que o jogador consiga aumentar a sua autoconfiança, a sua segurança, que ele se doe mais, pois entende que tem muitas pessoas que querem aquele resultado, que compraram o ingresso, que foram ao estádio para torcer. Quando o jogador reconhece isso, ele entende como incentivo para que o time tenha o resultado positivo, que ele faça uma boa partida”, reforça.

Edison Edwin
Edison Edwin, especialista em atletas de alta performance (Foto: Divulgação)

Edison lembra que, após o jogo do Flamengo pela semifinal da Libertadores, no Maracanã, enquanto ia para casa com o jogador e capitão do time, Éverton Ribeiro, o atleta contou que estava com saudades do público na arquibancada, pois isso o estimulava de forma positiva. Porém, os estímulos também podem ser negativos. “A torcida pode vaiar, cobrar muito de um atleta só, e muitos se deixam levar pelo medo da crítica. Por isso, é importante blindar a mente contra esses fatores externos que podem afetar de forma negativa no desempenho da partida. Claro que não é só isso que influencia. O atleta precisa descansar, se preparar, se concentrar, mas quando isso tudo está agindo de forma positiva, ele pode ter muitos benefícios”, salienta.

Na última quarta-feira (22), torcedores puderam acompanhar a partida entre Flamengo e Barcelona de Guayaquil no estádio do Maracanã, Zona Norte do Rio. O jogo valeu pela semifinal da Copa Libertadores da América. O apoio da torcida trouxe de volta a atmosfera empolgante das partidas, ajudando o time carioca durante a partida que terminou em 2 a 0. Foram mais de 22 mil ingressos vendidos. Para acessar o estádio, o torcedor precisou comprovar a vacinação e fazer um teste RT-PCR ou de antígeno para Covid até 48h antes do jogo.

Como dica primordial, Edison frisa a gratidão. “Olha quantas pessoas estão aqui pra me assistir, pra assistir esse time!’ Entender esse momento, ser grato e fazer uso positivo disso como motivador é a grande dica”, afirma.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Outubro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Alexandre Ferreira
« Programa Anterior
02:00 - Na Companhia Do Garcia
04:00 - Show do Mário Belisário
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »