Conecte-se conosco

Copa do Mundo

Com direito a palavrão, imprensa estrangeira se rende a Richarlison

Segundo gol do atacante brasileiro foi destaque nos principais veículos do mundo

Publicado

em

Foto: Divulgação

A vitória da Seleção Brasileira sobre a Sérvia, na última quarta-feira (24), no Lusail Stadium, por 2 a 0 acabou sendo um dos assuntos menos comentados quando o assunto em questão foi a estreia do Brasil na Copa do Mundo do Catar. O fato mais comentado foi o segundo gol do atacante Richarlison, que deu a vitória ao time comandado pelo técnico Tite.

Por conta da beleza do gol e toda a plasticidade envolvida, Richarlison se tornou um dos grandes nome da primeira fase da Copa, justamente no dia em que a primeira rodada foi encerrada. Até mesmo veículos estrangeiros renderam homenagens ao atacante canarinho, inclusive, os argentinos.

O “Diário Olé” postou uma imagem de Richarlison fazendo o movimento antes de marcar o seu segundo gol (e do Brasil) na vitória sobre os sérvios. “Fechem tudo” – destacou o jornal argentino.

Foto: Reprodução

A capa do “Olé” depois da partida também exaltou a atuação: “Brasil sendo Brasil”.

Já a Fifa, no seu perfil oficial no Twitter, também destacou a atuação e o gol marcado pelo brasileiro, já considerado por muitos o mais bonito da Copa do Mundo até então.

Na Espanha, o “Marca” afirmou que Richarlison despertou a “besta”; em outra, escreveu um palavrão.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A repercussão, no entanto, não parou por aí. Italianos e mexicanos também destacaram a vitória brasileira. No México, a manchete foi: “Apareceu o joga bonito”; Na Itália, o “Gazzeta Dello Sport” destacou Neymar e Richarlison, além de ter afirmado que “já da medo do Brasil”.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Por fim, veículos da Alemanha e Portugal também exaltaram a partida do Brasil. O jornal “Bild”, da Alemanha, também deu destaque às lágrimas de Neymar por conta da entorse no tornozelo, enquanto o “A Bola”, de Portugal, enfatizou o resultado obtido pelo time canarinho.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Com a vitória, o Brasil assumiu a liderança do Grupo G, deixando a Suíça para trás, adversário canarinho na segunda rodada do torneio. Por ter marcado dois gols, o time comandado por time ultrapassou a equipe europeia por ter um gol a mais de saldo.

Continue lendo