Brasil

Anvisa discute liberar testes rápidos para COVID-19 em farmácias e drogarias

A reunião acontece nesta terça-feira (28)às 9h, dispensando a análise de impacto regulatório e de concorrência pública devido ao alto grau de urgência

Por Redação Tupi

(Foto: Divulgação / Governo Federal)

Os diretores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) discutem nesta terça-feira, 28, se vão liber a aplicação de testes rápidos de coronavírus em farmácias. Atualmente, testes rápidos são aplicados em ambiente hospitalar e clínicas das redes pública e privada.

Esta autorização seria em caráter temporário e excepcional devido à pandemia do novo coronavírus. O kit vendido nos estabelos estabelecimentos será do método imunocromatográfico, mais indicado para exames a partir do sétimo dia do início dos sintomas. O exame é feito com amostras de sangue, soro ou plasma retirados pela ponta do dedo.

Segundo integrantes do governo, a cúpula do Ministério da Saúde chegou a resistir à proposta, mas passou a apoiá-la recentemente. O novo ministro da pasta, Nelson Teich, tem dito que melhorar o grau de informação sobre a doença no Brasil é pilar de sua estratégia de resposta à pandemia.

A reunião começará às 9h em Brasília, dispensando a análise de impacto regulatório e de concorrência pública devido ao alto grau de urgência.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
29 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Domingo Show
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Heleno Rotay
22:00 - Giro Esportivo
11:00 - Samba Social Clube
12:00 - Bola em Jogo
06:00 - Ele & Ela
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »