Coronavírus

Atletas e clubes seguem negociando férias coletivas e salários

Com o futebol brasileiro parado pelo novo coronavírus acordos estão próximos

Por Wellington Campos

FOTO: Wellington Campos

A paralisação do futebol brasileiro, devido ao novo coronavírus, vai trazer um grande prejuízo aos clubes, jogadores e tudo que gira entorno das partidas. Qual o total da conta ninguém consegue prever. Mas, se houver um entendimento as perdas podem ser menores.

Desde o dia 17/3, CBF e Federações anunciaram as suspensões dos campeonatos clubes e atletas buscam um caminho trabalhista para férias coletivas e descontos nos períodos sem jogos. Nesta segunda-feira (23/3), a CNC – Conselho Nacional de Clubes – apresentou uma nova proposta após a primeira ter sido rejeitada.

Com férias coletivas de 1º até 20 de abril e os outros 10 dias em dezembro/20, pagamento integral até o quinto dia subsequente e 25% de redução do salário enquanto durar à paralisação do futebol, a proposta dos Clubes agrada Alfredo Sampaio, presidente do sindicato dos atletas do Rio de Janeiro, mas o ok final pertencem aos jogadores dos times das séries A, B, C e D. alerta.

Ouça:

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
08 de Abril de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »