Coronavírus

CORONAVÍRUS: Costureiras do samba atuam em confecção de capotes descartáveis para rede pública de saúde

O Município vai fornecer a matéria-prima, além de máscaras e álcool em gel para as costureiras

Por Redação Tupi

Foto: Divulgação

A Prefeitura do Rio acertou uma parceria com as costureiras das escolas de samba Unidos de Padre Miguel e Unidos de Vila Isabel – para a confecção de capotes descartáveis a profissionais de saúde da rede municipal.

Para se ter uma ideia, só no Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, que é a unidade de referência para tratamento da Covid-19, chegam a ser utilizados por dia 2 mil desses capotes – que são parte dos equipamentos de proteção individual. Por ser um material descartável, é necessária a reposição constante dos estoques.

O Município vai fornecer a matéria-prima, além de máscaras e álcool em gel para que as costureiras façam a proteção e higienização das mãos antes de manusear o tecido.

A Unidos de Padre Miguel já recebeu parte do material neste sábado. Foram 18 rolos, (que equivale a cerca de 2 mil metros) de TNT, que é o tecido indicado pelo Ministério da Saúde para a confecção dessas vestimentas. As costureiras da escola já começam a produção neste domingo (05/04) e, já na segunda-feira (06/04), vão entregar à Prefeitura a primeira remessa de capotes para distribuição em suas unidades.

A Prefeitura recebeu uma doação do tecido de uma empresa privada, e já na Segunda-feira vai entregar esse material para o barracão da Unidos de Vila Isabel, que vai disponibilizar da mão de obra de seis costureiras.

Comentários
enquete

Você tem acompanhado o programa "De Frente com Elas", da Super Rádio Tupi?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
07 de Março de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »