Ciência e Saúde

Duas vacinas experimentais contra o coronavírus recebem status de ‘via rápida’ nos Estados Unidos

As companhias dizem ainda que esperam iniciar um teste em larga escala com até 30 mil participantes até o fim deste mês

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Duas vacinas experimentais desenvolvidas em conjunto pela empresa alemã de biotecnologia BioNTech e pela gigante farmacêutica norte-americana Pfizer receberam a designação de “via rápida” da FDA, a agência reguladora de medicamentos dos EUA, informaram as duas empresas nesta segunda-feira.  As vacinas BNT162b1 e BNT162b2 são as mais avançadas entre as (pelo menos) quatro que estão sendo avaliadas pelas duas companhias em testes nos Estados Unidos e na Alemanha.

Os dados iniciais dos ensaios feitos na Alemanha com a BNT162b1 são esperados para o final de julho. Se os estudos em andamento tiverem sucesso e as vacinas receberem aprovação regulatória, as empresas esperam produzir até 100 milhões de doses até o fim deste ano e potencialmente mais 1,2 bilhão de doses até o fim de 2021. As companhias dizem ainda que esperam iniciar um teste em larga escala com até 30 mil participantes até o fim deste mês, se receberam aprovação das autoridades reguladoras.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
08 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »