Coronavírus

Estudo mostra que enxaguante bucal pode matar novo coronavírus em 30 segundos

Descoberta foi feita por cientistas da Universidade de Cardiff, no Reino Unido

Por Redação Tupi

Descoberta foi feita por cientistas da Universidade de Cardiff, no Reino Unido
(Foto: Reprodução)

De acordo com um estudo realizado por cientistas da Universidade de Cardiff, no Reino Unido, enxaguantes bucais podem matar o novo coronavírus em cerca de 30 segundos em laboratório. Os resultados da pesquisa apontam que há “sinais promissores” de que os bochechos com o produto ajudam a destruir o vírus.

A descoberta por parte dos pesquisadores aconteceu antes de um ensaio clínico sobre a Covid-19, em pacientes do Hospital Universitário do País de Gales. A expectativa é que o estudo possa constatar a eficácia e fazer com que o enxague bucal se torne uma medida importante na rotina das pessoas.

“Se esses resultados positivos forem refletidos no ensaio clínico da Universidade de Cardiff, enxaguantes bucais baseados em CPC (Cloreto de cetilpiridínio)… podem se tornar um complemento importante à rotina das pessoas, junto com a lavagem das mãos, o distanciamento físico e o uso de máscaras, ambos agora e no futuro”, afirmou Nick Claydon, especialista em periodontologia, em entrevista à BBC News.

Apesar da pesquisa ainda não ter sido revisada por pares, as conclusões batem com outro estudo recente que constatou que os bochechos com CPC são eficazes na redução da carga viral. No entanto, é válido destacar que o uso do produto não deve ser usado como um tratamento para o novo coronavírus, já que não alcança o trato respiratório ou os pulmões.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »