Coronavírus

Fiocruz e Prefeitura realizam estudo para dose de reforço contra Covid-19 em adultos

No estudo, serão concentradas pessoas de 18 a 59 anos

Por Redação Tupi

Vacinação de adolescentes em Nova Iguaçu
(Foto: Divulgação/Prefeitura de Nova Iguaçu)

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e o Instituto D’or realizam um estudo para avaliar se os adultos têm a necessidade de aplicar a terceira dose da vacina contra a Covid-19. As inscrições estão abertas e os interessados devem acessar o link: https://livs.ini.fiocruz.br/projetos/boost01/ 

De acordo com o calendário de vacinação, a cidade do Rio está vacinando com dose de reforço, os idosos de até 60 anos. A pesquisa vai ficar concentrada em pessoas de 18 a 59 anos. No total, mais de 9 mil pessoas devem participar do experimento, que já foi iniciado na Ilha de Paquetá e também no Complexo da Maré.

Quem quiser ser voluntário, é preciso ter mais de 18 anos, morar no município do Rio de Janeiro e já estar com o esquema vacinal completo (segunda dose de qualquer vacina – Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer) há pelo menos seis meses.

No site da Fiocruz, há um termo de consentimento que precisa ser assinado antes.

 

Quem pode participar

Indivíduos com idade igual ou maior que 18 anos;

Com esquema vacinal primário completo (duas doses) contra COVID-19 com as vacinas Coronavac/Butantan, AstraZeneca/Fiocruz ou Pfizer há pelo menos seis meses;

 

Quem não pode participar do estudo

Indivíduos que apresentem contra-indicação às vacinas AstraZeneca ou Pfizer, que serão utilizadas como reforço no estudo, como alergia grave a qualquer um dos componentes das vacinas;

Portadores de doenças crônicas não controladas;

Imunossuprimidos (pessoas que por medicação ou doença tenham baixa imunidade);

Quem fez uso de derivados de sangue nos últimos 6 meses;

Quem fez uso de duas vacinas diferentes no esquema primário contra COVID-19;

Quem recebeu maior número de doses do que o estabelecido para esquema primário para vacinação contra COVID-19 pelo Ministério da Saúde;

Para participantes do sexo feminino: estar grávida ou no puerpério (até 45 dias após o parto).

 

Como participar

Se você tiver interesse em participar, o primeiro passo é responder ao questionário abaixo. De acordo com os critérios da pesquisa, serão selecionados 9.000 voluntários. Se você for selecionado, você receberá por e-mail um link para um documento da pesquisa chamado de Termo de Consentimento Livre e Esclarecido Eletrônico (TCLE-e). Após ler cuidadosamente o TCLE-e, você poderá aceitar ou não participar. Caso aceite participar, você será orientado quanto ao dia, horário e local para a sua primeira visita no estudo.

No dia da primeira visita você poderá tirar todas as suas dúvidas sobre o projeto com um membro da equipe e você será avaliado para saber se realmente pode participar da pesquisa. Você pode desistir de participar a qualquer momento, sem nenhum prejuízo para si.

 

Como será o estudo

As vacinas disponibilizadas para a dose de reforço serão Fiocruz/AstraZeneca e Pfizer e a aplicação no participante será feita de maneira “cega”, quer dizer, você não saberá qual vacina está sendo utilizada no momento da vacinação (que é escolhida de maneira aleatória por um programa de computador), mas essa informação lhe será dada na visita 3 (60 dias após a aplicação da vacina). Todos os participantes serão avaliados em pelo menos três (03) momentos diferentes ao longo de 60 dias (02 meses), sendo a primeira avaliação por visita presencial (V1) e as avaliações subsequentes (V2 e V3) por meio virtual ou presencial (30 dias e 60 dias após a vacinação).

 

Parte dos voluntários (cerca de 3.000 pessoas) serão convidados a participar do subestudo de Imunogenicidade (avaliação da produção de anticorpos) no momento da primeira visita. Para os participantes do subestudo de imunogenicidade será realizado um acompanhamento por 12 meses, com 4 visitas presenciais com coleta de sangue (no dia da vacinação, 1, 6 e 12 meses após a vacinação) e 1 visita virtual ou presencial com 60 dias após a vacinação.

Você pode ainda ser avaliado em uma visita não programada, caso ocorra alguma intercorrência durante o estudo, como por exemplo, se você apresentar algum evento adverso pós vacinação. Você sempre pode mudar de ideia e sair do estudo na hora que desejar. Nada de ruim acontecerá se você decidir não participar ou mesmo deixar o estudo após ter iniciado sua participação.

O que você precisa levar na primeira visita

  • Documento de identidade com foto
  • Comprovante de vacinação contra COVID-19


recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Novembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »