Brasil

STF destina 1,6 bilhão de reais do fundo da Petrobrás para o Ministério da Saúde

Decisão do ministro Alexandre de Moraes garante que os recursos, recuperados da operação Lava Jato, sejam destinados ao combate à pandemia do coronavírus

Por Bruno Almeida

(Foto: José Cruz/Agência Brasil)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou, neste domingo (22/03), que mais de R$ 1,6 bilhão, recuperados da Petrobras pela operação Lava Jato, sejam destinados ao Ministério da Saúde, para o combate do novo coronavírus.

O pedido para que os recursos fossem destinados ao Ministério da Saúde foi feito pela Procuradoria Geral da República (PGR). Antes de oficializar a decisão, Moraes ouviu o Congresso e o governo federal, que também concordaram com a medida.

O “fundo da Petrobras” é uma reparação da estatal por fraudes feitas e, com isso, os recursos devem ser aplicados no Brasil. Inicialmente, ele seria destinado à educação, mas não chegou a ser gasto.

Ao todo, o valor recuperado da Petrobras soma R$ 2,6 bilhões e já foi dividido em setembro do ano passado. A verba foi enviada para ações de educação, ciência e tecnologia e para os estados da Amazônia, com intuito de combater os desmatamentos e incêndios, mas ainda não foi toda usada.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Março de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »
-->