Coronavírus

Vacina russa contra Covid-19 teve eficácia ‘acima de 95%’ após segunda dose

Anúncio foi divulgado, nesta terça-feira (24), pelo governo da Rússia

Por Redação Tupi

(Foto: Reprodução)

A vacina Sputnik V, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya contra a Covid-19, teve eficácia “acima de 95%” 21 dias após a segunda dose da vacina e 42 dias após a primeira. A informação foi divulgada pelo governo Russo, nesta terça-feira (24). Os dados ainda são preliminares e não foram publicados em revista científica.

De acordo com o anúncio, ao todo, 18.794 pessoas participaram dos testes. Dessas, 14.095 receberam a vacina, em ambas as doses. As outras 4.699 receberam uma substância inativa (placebo).

Entre os vacinados, houve 8 casos de Covid-19 sete dias após a aplicação da segunda dose (e 28 dias após a primeira dose). Já entre os não vacinados, houve 31 casos no mesmo período. Os números equivalem à eficácia de 91,4%.

Até esta terça (24), nenhum evento adverso inesperado havia sido identificado. Alguns dos vacinados apresentaram eventos adversos menores de curto prazo, como dor no ponto de injeção e sintomas semelhantes aos da gripe, incluindo febre, fraqueza, fadiga e dor de cabeça.

Comentários

enquete

Você acha que o Vasco da Gama leva a Taça Rio?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Radar Tupi
« Programa Anterior
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »