Conecte-se conosco

Destaques

Comerciante é preso após atear fogo em morador de rua

Crime foi cometido como forma de punição pelo morador de rua tentar furtar depósito em Barra do Piraí

Publicado

em

Comerciante é preso acusado de atear fogo em morador de rua
Comerciante é preso acusado de atear fogo em morador de rua (Foto: Divulgação)

Depois de quase uma desaparecido, a Polícia Civil conseguiu localizar e prender o comerciante, identificado apenas como Tarcísio, acusado de ter colocado fogo em um morador em situação de rua em Barra do Piraí, no Sul Fluminense.

Segundo a Polícia Civil, Marcelo Ferreira, de 43 anos, que tem esquizofrenia e “pouco discernimento sobre as coisas”, entrou no depósito do acusado e procurou algum objeto de valor. Como retaliação, o proprietário foi até o local onde o morador passava a noite, o encharcou com querosene, acendeu um isqueiro e fugiu.

Comerciante é preso acusado de atear fogo em morador de rua

Isqueiro utilizado por comerciante para atear fogo em morador de rua (Foto: Divulgação)

A vítima, que foi até o hospital com o corpo em chamas, segue internada com quadro de saúde considerado gravíssimo.

A reportagem da Super Rádio Tupi conversou com o delegado Rodolfo Atala sobre esse crime. Segundo ele, policiais não conseguiram contato com a vítima, pois ele estava em estado de choque.

“As diligências começaram já na madrugada do dia 13, após a entrada da vítima no hospital. Policiais civis estiveram no hospital, não conseguiram contato com a vítima, já que estava em estado de choque e foi encaminhada diretamente para o CTI, onde está desde então. Agora ele vai passar pelo Tribunal do Júri de Barra do Piraí e está sujeito a uma pena de até 30 anos de prisão”, destacou o delegado Rodolfo Atala.

O proprietário do depósito vai responder por tentativa de homicídio triplamente qualificada.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.