Destaques

Vasco cede empate ao Náutico e desperdiça chance de encostar no G4 da Série B

Gols Cruz-maltinos foram marcados por Nenê e Cano. Meia levou terceiro cartão amarelo e não enfrenta o CSA

Por Thiago Veras

Lateral-esquerdo Riquelme na disputa de bola na partida entre Náutico e Vasco
Riquelme na disputa de bola. (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco da Gama)

Os donos da casa começaram a partida pressionando o Vasco no campo de ataque, porém foi o Cruz-maltino que largou na frente do placar. Logo aos 8 minutos, o zagueiro Rafael Ribeiro bobeou na saída de bola na intermediária. Atento, Nenê aproveitou o vacilo do adversário e chutou de primeira, com a perna canhota, para o gol. O goleiro estava fora de posição e não conseguiu fazer a defesa.

Aos 18 minutos, o Náutico voltou a vacilar na saída de bola e o Vasco aproveitou para fazer 2 a 0. Nenê deu um lindo passe de calcanhar para Marquinhos Gabriel livre na área, que cruzou para o artilheiro Germán Cano, sem goleiro, marcar o segundo gol da partida.

Cano comemorando de braços abertos o segundo gol do Vasco contra o Náutico
Germán Cano. (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco da Gama)

Em desvantagem no placar o Timbu partiu pra cima. Aos 26, Hereda fez grande jogada pela direita e levantou na área. Vinícius apareceu nas costas da zaga e cabeceou para diminuir o placar.

Etapa Final nos Aflitos

O segundo tempo começou com o Náutico pressionando. Logo no início Hereda cruzou da direita, Castán desviou de cabeça e quase marcou gol contra. Em seguida, Júnior Tavares arriscou de fora da área, a bola foi desviada e saiu em escanteio. Júnior Tavares de novo levantou na área, Matheus Jesus escorou de cabeça, e a bola ficou limpa para Yago. O zagueiro chutou de primeira, rente à trave do Vasco.

De tanto insistir o Timbu chegou ao empate. Aos 12, Em cobrança de falta da intermediária, Jean Carlos levantou na área, e Yago subiu livre para empatar de cabeça. O time pernambucano continuou no ataque. Após mais uma sequência de cruzamentos, a bola sobrou para Matheus Jesus que, sem ângulo, acertou a rede pelo lado de fora.

As mudanças do técnico Fernando Diniz pouco surtiram efeito. Andrey e Leo Jabá entraram nos lugares de Morato e Gabriel Pec. Primeira chegada do Vasco no segundo tempo foi somente aos 28 minutos. Nenê arriscou de fora da área, a bola desviou na zaga e saiu em escanteio.

O Gigante da Colina teve a grande chance da vitória aos 37 minutos. Após cruzamento da esquerda, o zagueiro Walber subiu livre, cabeceou, o goleiro Anderson fez grande defesa e a bola ainda explodiu na trave. Fim de jogo: Náutico 2 a 2 Vasco.

Vasco: Lucão; Zeca, Wálber, Leandro Castán, Riquelme; Bruno Gomes, Marquinhos Gabriel, Nenê, Morato/Andrey, Gabriel Pec/Leo Jabá e Germán Cano. Técnico: Fernando Diniz.

Autor do primeiro gol, Nenê comemora ao lado de Germán Cano
Nenê. (Foto: Rafael Ribeiro)

Com o resultado, o Vasco soma 47 pontos na sexta colocação, três pontos atrás do CRB. Nenê discutiu com o técnico Hélio dos Anjos, levou o terceiro cartão amarelo e está fora da partida contra o CSA. O Vasco volta a jogar na próxima sexta-feira (29), contra o CSA, às 21h30, em São Januário, pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

 

 

 

 

Últimos vídeos do Vascão


recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Novembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »