Brasil

‘Auxílio Emergencial’ vai custar menos do que o esperado

Valor mensal do auxílio vai ser de cerca de R$ 16,7 bilhões

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Reprodução Agência Brasil)

A prorrogação do auxílio emergencial vai custar menos do que o esperado pelo Governo. O Ministério da Economia informou que a medida vai custar R$ 67 bilhões e não os quase R$ 100 bilhões que foram especulados. Um dos fatores que explicam essa redução é o pente-fino que o governo pretende fazer nos próximos pagamentos do auxílio.

Foi anunciado, nesta sexta-feira, que o valor mensal do auxílio vai ser de cerca de R$ 16,7 bilhões. O secretário especial adjunto de Fazenda do Ministério da Economia, Gustavo Guimarães, alegou que a redução vai ser possível por conta de um remanejamento nos recursos que já haviam sido liberados para o Bolsa Família e também por conta do pente-fino que será feito nos próximos pagamentos do auxílio.

A ideia do governo é evitar que o benefício continue sendo pago a quem não precisa mais do apoio público, como, por exemplo, quem conseguiu um emprego na pandemia. As regras de revisão do benefício foram publicadas nesta quinta-feira, na medida provisória que confirmou a prorrogação do auxílio até dezembro em parcelas de R$ 300.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Bola em Jogo
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »