Brasil

Bolsonaro diz a apoiadores que Ford queria Subsídios

Segundo o presidente, a empresa teve subsídios nossos nos últimos anos de R$ 20 bilhões

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro lamentou nesta terça-feira o desemprego causado a cerca de 5000 empregados da Ford, que encerrou a fabricação de automóveis no Brasil. No entanto, segundo ele, faltou à empresa dizer a “verdade”, que queria subsídios para continuar no país.

O presidente disse ainda que em um ambiente de negócio, quando não se tem lucro, fecha. A declaração foi feita a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, no começo da manhã.

“Você vê. A Ford anunciou a saída do Brasil. Há três anos a Ford anunciou que não ia mais produzir carro de passeio nos EUA. E a falta de ambiente de negócio na verdade, eles tiveram subsídios nossos nos últimos anos de R$ 20 bilhões. Queriam renovar subsídios para fazer carros brasileiros. Agora tem a concorrência também aí, chinesa, entre outros. Então saiu uma que num ambiente de negócio, quando você não tem lucro, você fecha. Assim é na casa nossa”, falou Bolsonaro.

A justificativa da empresa é a reestruturação na América do Sul, “à medida que a pandemia de Covid-19 amplia a persistente capacidade ociosa da indústria e a redução das vendas, resultando em anos de perdas significativas”. A companhia vai manter o Centro de Desenvolvimento de Produtos, na Bahia, o Campo de Provas, em Tatuí (SP), e a sede regional, em São Paulo.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »